domingo, 27 de junho de 2010

Apenas Perguntas



Quais foram as ruas por onde caminhamos
Quais foram os sentimentos que desfrutamos
Qual foi a vida que vivemos
Quais foram os momentos que nos amamos

Quando foi que nos perdemos
Quando nós realmente nos envolvemos
Quando nós realmente nos separamos
Quando foi que nos esquecemos

Que dor me atingiu
Que amor me consumiu
Que olhar me desconserta
Que abraço me liberta

Porque tive que sofrer assim
Porque sempre tenho que sofrer assim
Porque não consigo sorri
Porque ainda estou aqui

São apenas perguntas

4 comentários:

Jailson disse...

louco

Ábia Costa disse...

MARAVILHOSO

Ana Paula Novais disse...

Oii gostei muitooo do seu blog ... muito sentimentos em suas palavras ... achei seu blog na comunidade rs, vc n nem deixou o link pelos caloteiros ai hahahaha

conheça o meu blog tbm :
http://minhaterradonuncaap.blogspot.com

te seguindoooo

Veronik disse...

Poema tranquila, agradable
dijo de situaciones que de manera rutinaria en una relación
la poesía es increíble, es increíble cómo se puede poner en palabras las situaciones en la vida cotidiana
Siempre es un placer leer tu blog.

Related Posts with Thumbnails