segunda-feira, 11 de maio de 2009

A Morte

Ela está aqui
Sempre a me observar
Com seus olhos a me chamar
Com seu corpo a me desejar
Ignorando a todos
Desprezando a todos
Ela quer apenas eu
Ela deseja somente a mim
Com seu charme a me seduzir
Com seus passos a me seguir
Suas palavras se dirigem apenas a mim
Sua voz se endereça apenas a meus ouvidos
Ela quer apenas eu
Ela quer me maltratar
Ela deseja me abraçar
Ela quer me possuir
Ela quer apenas eu
Tento fugir
Tento me desvencilhar
Mas ela está sempre onde vou
Tento me desprender
Mas ela me chama
Ela me atrai
Ela quer me possuir
Estou sempre sozinho
Me sinto muito sozinho
Não vou resistir
Vou apenas me entregar
Agora sei que devo segui-la
Ela é meu destino
Sim, eu sei quem ela é
Ela é minha sorte
Ela é simplesmente
A minha Morte.

6 comentários:

Shirley Cavalcante disse...

sempre lindos e intensos os teus poemas...
gosto muito do seu jogo de palavras
simples mas intenso
sutil ta ai uma coisa linda e dificil de ser.
amei!

Shirley Cavalcante disse...

Teus olhos são sóis adormecidos
Perdidos no profundo da noite
Luzeiros na procura da aurora
Que viajam sem rumo ou norte

Procuram a ironia do tempo
Os gritos que um rosto apregoa
Uma taça de ouro frio
O tempo que uma alma magoa


otima semana
=D

Sidney Vasconcelos disse...

Queria eu ainda escrever coisas assim, mas já há perturbações de mais nessa minha mente insana. Porém, de certo modo, ainda tenho uma breve ligação com o teu estilo de escrever.
Gostei.

Anônimo disse...

o diabo não existe ele está dentro de nós somente o que o desperta para a realidade é a sede de vingança que há dentro de cada um.

Raiza Farias disse...

Que lindos poemas .Você é uma das poucas pessoas que conseguem repassar em palavras oque sente, conseguindo então tocar o coração das pessoas parabéns .Continue usufruindo dessa dádiva que Deus te concebeu.

thatha disse...

Parabens por esse dom que vc tem!somente pessoas belas de coração conseguem escrever coisas tão lindas.

Related Posts with Thumbnails