segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Não existe mais chão sob meus pés
Não existe mais céu sobre minha cabeça

Não existe mais estradas para seguir
Não existe mais olhos para contemplar tua beleza

Existe uma dor para sentir
Existe um amor para regar

Existe uma vida para perder
Existe uma voz para calar

Não preciso mais viver
Não preciso mais sonhar
Não preciso mais sorrir
Não preciso mais cantar

Existe um lugar para conversar
Existe um lugar para descansar
Existe um lugar para se viver em paz
Existe um lugar para se encontrar

Sei apenas que esse lugar não é aqui

3 comentários:

Ana disse...

Lindo poema um pouco triste, nós seres humanos estamos sempre em busca de algo, nunca estamos totalmente satisfeitos com o que temos e com o que adquirimos durante nossa existência sempre achamos que nos falta alguma coisa, só que muitas vezes não percebemos que a felicidade está num simples gesto de alguém próximo de nós e com isso acabamos nos afastando doque realmente nos faz feliz!

Flor de Lis disse...

Quando nascemos com o dom de escrever,colocamos no ´papel`um infinito universo de sentimentos...Porém antes de tudo devemos viver esse infinito,pois não vale a pena nos escondermos atras de palavras somente e nunca tentar superar o impossivel...Tudo que escrevis e inexplicavelmente entorpecedor e cheio sentimentos e e isso que faz de você especial!

Carlita Ribas disse...

Parabéns! Tormei-me fã e acompanhar-te-ei por esse mundo das letras, não com tanto talento como tu, mas com uma vontade enorme de ler. E isso é muito importante para um bom escritor. Ler sempre!

Related Posts with Thumbnails